terça-feira, 1 de julho de 2008

Juntando Pedaços

Juntando Pedaços

COMPOSIÇÃO: André Luis R. Soares

Estou tentando ouvir a voz dentro de mim,
Dias ruins ou dias bons?Não sei, estou à deriva.
Se nada é para sempre, porque a solidão não me diz isso?
To com saudade de algo que não aconteceu,
Não aguento mais essa viagem sem fim.
As pegadas na areia me mostram muitos caminhos,
Para onde ir?Para quem ligar? Não existe verdade!
Mundo de ilusões e paixões malditas.
Esse devaneio me faz querer minha vida de volta,
Te-la ao meu controle,ter você,não em sonhos.
Mas o que passou passou,
É o que a vida me diz.
Nesse silêncio absurdo,nesses dias iguais.
Eu tento esquecer meus erros,
mas meus sonhos não deixam,
Sempre me lembrando;
do sorriso,
do abraço,
dos beijos,
Da vida.




Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Um comentário:

Diana Borges disse...

André,faz tempo que não leio poesias tão bem feitas. Driria que estão completas.
Esta em especial é um luxo, apesar da nostalgia do amor que findou.
O poema serviu como uma mapa pra mim.

Beijos!